Color

Cruzeiro deve disar Troféu Inconfidência com time misto

Cruzeiro deve disar Troféu Inconfidência com time misto

Cruzeiro deve disar Troféu Inconfidência com time misto
lifestyleworld

Cruzeiro deve disar Troféu Inconfidência com time misto

O Cruzeiro fechou nesta sexta-feira à tarde, na Toca da Raposa II, a preparação para enfrentar o Patrocinense pela semifinal do Troféu Inconfidência. O jogo deste sábado, às 14h30, no Mineirão, definirá o primeiro finalista do torneio que reúne os clubes que ficaram entre a 5ª e a 8ª posições no Campeonato Mineiro. Uberlândia e Boa farão a outra semifinal no domingo, às 19h, em Uberlândia.
Como sinalizou depois da vitória por 1 a 0 sobre a Caldense, em Poços, o técnico Enderson Moreira deve poupar alguns titulares nesta semifinal. Será a oportunidade de ver pela primeira vez em ação no clube, por exemplo, o lateral-esquerdo Giovanni, vindo do Bahia, e dar mais minutos ao meia-atacante Claudinho. O foco do Cruzeiro é a estreia na Série B, marcada para sábado, dia 8/8, às 19h, contra o Botafogo-SP, no Mineirão.
 
A tendência é que Enderson Moreira preserve alguns dos titulares que iniciaram as duas últimas partidas da fase de classificação do Mineiro, contra URT (3 a 0) e Caldense (1 a 0).
 
Os jogadores que começaram os dois jogos anteriores foram o goleiro Fábio, o lateral-direito Raúl Cáceres, os zagueiros Cacá e Marllon, o lateral-esquerdo Patrick Brey, o volante Ariel Cabral, o meia Régis e o atacante Stênio.
 
O time misto do Cruzeiro pode ir a campo com Fábio (Vitor Eudes); Machado, Ramon, Leo (Arthur) e Giovanni (João Lucas); Jean e Jadsom; Claudinho, Maurício e Stênio (Welinton); Thiago.
 
Moreno fora
 
O atacante Marcelo Moreno saiu contundido do jogo contra a Caldense, no Sul de Minas. Ele teve uma contratura muscular na região lombar. Diante do quadro, está fora do compromisso deste sábado.
 
Sem grandes ambições
 
A conquista do Troféu Inconfidência não é apontada por Enderson como relevante. Os dois jogos - incluindo a possível final, no dia 5 - são vistos como preparação do Cruzeiro para a Série B. “É uma competição que, para nós, não nos traz qualquer tipo de vontade em termos de conquista. Eu, particularmente, acho que temos uma competição daqui a dez dias, que é a Série B, que é o nosso objetivo”.
 
O regulamento do Troféu Inconfidência prevê disa de pênaltis caso haja empate no tempo regulamentar entre Cruzeiro e Patrocinense, neste sábado. A decisão está marcada para quarta-feira, às 19h, em local a ser definido, dependendo dos finalistas.
 
O classificado com melhor campanha na primeira fase do Mineiro jogará a finalíssima em casa.
 
COVID-19
 
Nesta sexta, os jogadores do Cruzeiro fizeram testes para detecção da COVID-19. Atletas, comissão técnica e colaboradores que trabalharão na partida contra o Patrocinense foram submetidos aos exames na Toca da Raposa II. A medida faz parte dos protocolos de segurança implementados pelo clube e pela Federação Mineira de Futebol.
 
Escalações do Cruzeiro nos dois últimos jogos:
 
Cruzeiro 3 x 0 URT
 
Fábio; Raúl Cáceres, Marllon, Cacá e Patrick Brey; Ariel Cabral e Jadsom (Jean); Maurício (Claudinho), Régis e Stênio (Welinton); Marcelo Moreno (Thiago).
 
Caldense 0 x 1 Cruzeiro
 
Fábio; Raúl Cáceres, Cacá, Marllon e Patrick Brey (João Lucas); Jean (Filipe Machado) e Ariel Cabral; Stênio (Welinton), Régis (Claudinho) e Angulo; Thiago.